Você está em: Início > Resiliência na Educação Infantil


Escrito por:

A Criança e a Tolerância

Ensinar tolerância é importante porque aquele que aprende a ser aberto para as diferenças entre as pessoas terá mais oportunidades na educação, nos negócios e em muitos outros aspectos da vida.

Em suma, o sucesso do seu filho depende dele próprio. E sucesso no mundo de hoje - e amanhã - depende em ser capaz de entender, apreciar e trabalhar com pessoas diferentes dele.

Um mundo de diferenças

Nosso País é o grande "caldeirão humano", uma rica mistura de tradições culturais de todas as partes do mundo. Muitas famílias brasileiras podem traçar histórias de antepassados imigrantes que viajavam grandes distâncias resistindo a riscos e dificuldades para fazer uma casa onde elas teriam garantida a liberdade e a subsistência.

Essa diversidade enriqueceu nossa cultura com novas idéias e energias. Nossas crianças podem interagir com pessoas de diferentes crenças e culturas de nosso imenso País. As salas de aula estão cada vez mais diversificadas com costumes e realidades que as crianças trazem das diversas micro-comunidades onde suas famílias vivem e trabalham.

O que é tolerância?

Tolerância refere-se a uma atitude de abertura e respeito pelas diferenças que existem entre as pessoas. Embora originalmente usada para se referir às diferenças étnicas e religiosas, os conceitos de tolerância também podem ser aplicados ao sexo, aplicados às pessoas com deficiência física e intelectual e a outras diferenças também. Tolerância, de muitas maneiras, é o oposto do preconceito.

Como ensinar tolerância ao seu filho

Como todas as atitudes, a tolerância é frequentemente aprendida de maneira sutil. Mesmo antes de poderem falar, as crianças imitam seus pais, ou seja, desenvolvem seus próprios valores se espelhando em atitudes das pessoas mais próximas.

Os pais que demonstram tolerância na sua vida quotidiana transmitem aos filhos um valor inestimável de sucesso para sua vida adulta. Como resultado, os seus filhos também aprendem a admirar as diferenças.

Já pensou que chato seria você viajar para um país exótico na ásia e chegando lá tudo lhe parecesse igual ao Brasil: as mesmas comidas, a mesma língua, as mesmas roupas, a mesma aparência física? O que você teria de diferente para experimentar e admirar?

Claro que, respeitar as diferenças dos outros não significa abrir mão da sua própria tradição cultural e religiosa que é algo para se orgulhar. As famílias podem encontrar maneiras de respeitar as diferenças dos outros e continuar a honrar a sua própria herança cultural.

Coisas que você pode fazer para ensinar tolerância ao seu filho:

  • Observe suas próprias atitudes. Demonstre uma atitude de respeito pelos outros.
  • Lembre-se que as crianças ouvem tudo. Esteja ciente da maneira como você fala sobre pessoas que são diferentes de você. Não faça piadas que perpetuam os estereótipos. Embora algumas dessas piadas possam parecer inofensivas, elas podem desfazer as atitudes de tolerância e respeito.
  • Reconheça e respeite as diferenças dentro da sua própria família. Demonstre a aceitação das diferentes habilidades, interesses e estilos entre seus filhos. Valorize a singularidade de cada membro de família.
  • Ajude seu filho a se sentir bem consigo mesmo. Crianças que se sentem mal sobre si mesmas, muitas vezes tratam mal os outros. Crianças com boa auto-estima são mais propensas a tratar os outros com respeito. Ajude o seu filho a se sentir respeitado e valorizado.

Quando os pais incentivam uma atitude tolerante demonstrando seus bons valores, seus filhos certamente seguirão seus passos.


Comentários

Menina tendo uma idéia

Ensinando a Inovar

A capacidade de inovar combina tudo aquilo que seus filhos aprendem - e não apenas os fatos, mas também as novas formas de resolver os problemas.